Desgoverno Lula induziu sistema financeiro internacional a interminável crise

Gráfico

Ano após ano afundando a economia brasileira, Lula conseguiu abalar os alicerces mais sólidos da economia mundial, induzindo o mundo a uma quebradeira generalizada e a uma crise interminável. Ao tentar planificar a economia, à moda dos regimes comunistas que tenta copiar, a equipe econômica seguidora das hostes comunistas  – cujo o expoente maior é Guido Mantega, autor de vários livros marxistas -, cometeu incontáveis erros que fizeram ruir o que restava do sistema financeiro nacional.  Os petrossauros (como dizia o saudoso R. Campos) além de  se recusarem a privatizar a Petrobrás, empresa deficitária e consumidora do orçamento da união, também se recusaram a entregar as grandes reservas petrolíferas recém descobertas no litoral brasileiro para quem de direito cabia a exploração, ou seja às companhias americanas. Isso, logicamente, encareceu o barril do petróleo no mercado americano, o que foi um dos fatores que levou a crise. Como também não procedeu a imprescindível privatização dos bancos estatais, o Brasil passou a ser o inferno dos investidores estrangeiros pela tamanha intervenção governamental na economia, se recusando a deixar que mão invisível do mercado agisse no sentido de regular a si mesmo, como ocorre nas mais avançadas economias. Por tudo isso, o gigantismo do estado brasileiro está na origem e gestação dessa crise que hora assola o planeta.

Comentar no Facebook

Comentários

12 Comentários para “Desgoverno Lula induziu sistema financeiro internacional a interminável crise

  1. Antonio Pereira da Silva
    5 de outubro de 2009 em 19:47

    Não consigo entender como alguém que se diz professor pode falar tanta asneira sem o mínimo de fundamentação teórica. No mínimo se trata de um desconhecedor de como a economia funciona.

    • Hariovaldo
      6 de outubro de 2009 em 6:55

      Asneira fala o sr. que tem a mente entorpecida pelo marxismo satânico. Saiba que lecionei economia em Cambridge por vários anos. E além disso, tudo que escreve tem fundamentação não só teórica como teológica, por inspiração e devoção aos ensinamentos maiores de São Serapião. Alvíssaras!

  2. Lucas
    11 de fevereiro de 2009 em 21:57

    Ou o senhor é muito burro ou é um ideólogo cego. Até a mídia que o senhor venera assume que a crise mundial começou no centro do capitalismo, através da irresponsável concessão de créditos nestes ultimos anos.

    Cada uma! Mas como dizem, é melhor ler isso do que ser cego.

  3. Sergio
    21 de outubro de 2008 em 1:22

    Spok da Silva:

    “…Jogar sobre Lula a responsabilidade pela crise mundial é de uma pobreza intelectual que me apavora”

    A mim também!
    Rarararará! cada figura!

    Alvíssaras, mestre!

  4. Mel
    17 de outubro de 2008 em 18:59

    Parabéns pelas sábias palavras, professor! Mesmo não concordando com tudo o que o sr.escreveu acredito que estes comunistas tiranos e tapados terão a recompensa por tantos males. Deus o abençoe (e falo sério).

  5. Hariovaldo
    17 de outubro de 2008 em 17:29

    Caro Sr. Spok da Silva,

    Sou apenas uma humilde servo de São Serapião. Pobre intelectualmente são os elementos da gentalha ignara que se recusam a ver a conexão que há entre esse governo usurpador e a demolição dos nossos valores do liberalismo econômico a duras penas implantados no país pelo grande estadista FHC.

    O senhor não lê a revista Veja? Em que planeta o sr. vive?

    Vida longa e prospere, sr. Spok.

  6. André
    17 de outubro de 2008 em 15:11

    Grande mestre Hariovaldo, por favor, corrija os erros de português… falta ou o acento grave em “a quebradeira generalizada” ou um artigo após a preposição, assim como falta a crase em “a moda”. Falta também o pronome reflexivo “se” em “além de recusarem a privatizar”. Também não é adequado iniciar o período com tal pronome, como logo após a vírgula em “se recusando”, onde caberia melhor uma ênclise. Também não devemos separar sujeito de objeto com uma vírgula, como na última frase “o gigantismo do estado brasileiro, está na origem”

    Sei que esteve em coma por muito tempo e que logo após acordar de sono tão profundo, nossa mente pode estar um pouco confusa, mas é de suma importância que pessoas de alta cultura como nós, como nossos mestres Alckmin, Serra e FHC, cuidemos de nossa língua mátria, já tão desgastada por esse presidente analfabeto que nos oprime.

    De resto, vossa análise está perfeito, ó grande pensador. Alvíssaras!!!

  7. João Carlos
    17 de outubro de 2008 em 12:59

    Até que enfim apareceu uma voz lúcida, o Dr. Professor Hariovaldo Almeida Prado vem novamente para combater a petralhada alucinada que lêem a revista Veja, mas não entendem nada! Ou pior, recusam-se a compreender que a Veja é a revista que traz, inquestionavelmente, a verdade que deve ser seguida por todos os homens de bem. Cambada de apedeutas! Só mesmo o Professor para nos dar luz neste túnel que parece sem fim.

  8. 17 de outubro de 2008 em 8:50

    Bonjour mon cher Hariovaldo Almeida Prado

    Sinto-me – e como! – reconfortado com as tuas sábias palavras. Alguém de coragem para dizer a verdade a essa gentalha.

  9. Spok da Silva
    16 de outubro de 2008 em 16:43

    Senhor nazi-facista, o senhor não dormiu só um ano, tem dormido a vida inteira tal sua desconecção com a realidade. Jogar sobre Lula a responsabilidade pela crise mundial é de uma pobreza intelectual que me apavora: como alguém com tão baixo nível intelectual e tão desonesto pode sair por aí, impune, falando tantas asneiras? Vergonha!

  10. Carlos Mangino
    16 de outubro de 2008 em 13:51

    Então mestre estas coisas nada gloriosas a imprensa, comunista e comprada, nada noticia. O Sr já percebeu que o grande economista e filosofo organico mundial Fernando Henrique Cardoso anda sumido das paginas dos jornais? justo nesse momento em que ele poderia ensinar ao mundo, com muita etica e patriotismo, o rumo correto das aspirações do povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *