Raduan Nassar, escritor ingrato, ofende governo e leva cala boca de ministro

Ao receber o Prêmio Camões, que certamente lhe foi conferido por pena e desconhecimento por parte do juri português, Raduan Nassar, um típico agente bolchevista, quando chamado ao palco para agradecer e tecer loas ao bom governo brasileiro e a Revolução 2016, de maneira insensata e impertinente começou a fazer críticas descabidas aos atos governamentais de nosso querido Michel Temer, do Tribunal Maior, o guardião da revolução, e até mesmo ao ministro Moraes, umas das cabeças mais brilhantes que já ocupou o ministério da justiça, já guindado à posição de ministro do supremo. Para resgaste da honra dos homens bons, em boa hora tomou a palavra o notável defensor da cultura em nosso país e ex-comunista arrependido, Roberto Freire, e passou um verdadeiro sabão no escritorzinho de segunda classe, tendo sido ovacionado pelo público presente.

Meramente para fins didascálidos transcrevo aqui os impropérios do Nassar, para que sejam repudiados por todos os leitores do sítio:

“Excelentíssimo Senhor Embaixador de Portugal, Dr. Jorge Cabral.

Senhor Dr. Roberto Freire, Ministro da Cultura do governo em exercício.

Senhora Helena Severo, Presidente da Fundação Biblioteca Nacional.

Professor Jorge Schwartz, Diretor do Museu Lasar Segall.

Saudações a todos os convidados.

Tive dificuldade para entender o Prêmio Camões, ainda que concedido pelo voto unânime do júri. De todo modo, uma honraria a um brasileiro ter sido contemplado no berço de nossa língua.

Estive em Portugal em 1976, fascinado pelo país, resplandecente desde a Revolução dos Cravos no ano anterior. Além de amigos portugueses, fui sempre carinhosamente acolhido pela imprensa, escritores e meios acadêmicos lusitanos.

Portanto, Sr.Embaixador, muito obrigado a Portugal.

Infelizmente, nada é tão azul no nosso Brasil.

Vivemos tempos sombrios, muito sombrios: invasão na sede do Partido dos Trabalhadores em São Paulo; invasão na Escola Nacional Florestan Fernandes; invasão nas escolas de ensino médio em muitos estados; a prisão de Guilherme Boulos, membro da Coordenação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto; violência contra a oposição democrática ao manifestar-se na rua. Episódios todos perpetrados por Alexandre de Moraes.

Com curriculum mais amplo de truculência, Moraes propiciou também, por omissão, as tragédias nos presídios de Manaus e Roraima. Prima inclusive por uma incontinência verbal assustadora, de um partidarismo exacerbado, há vídeo, atestando a virulência da sua fala. E é esta figura exótica a indicada agora para o Supremo Tribunal Federal.

Os fatos mencionados configuram por extensão todo um governo repressor: contra o trabalhador, contra aposentadorias criteriosas, contra universidades federais de ensino gratuito, contra a diplomacia ativa e altiva de Celso Amorim. Governo atrelado por sinal ao neoliberalismo com sua escandalosa concentração da riqueza, o que vem desgraçando os pobres do mundo inteiro.

Mesmo de exceção, o governo que está aí foi posto, e continua amparado pelo Ministério Público e, de resto, pelo Supremo Tribunal Federal.

Prova da sustentação do governo em exercício aconteceu há três dias, quando o ministro Celso de Mello, com suas intervenções enfadonhas, acolheu o pleito de Moreira Franco. Citado 34 vezes numa única delação, o ministro Celso de Mello garantiu, com foro privilegiado, a blindagem ao alcunhado “Angorá”. E acrescentou um elogio superlativo a um de seus pares, o ministro Gilmar Mendes, por ter barrado Lula para a Casa Civil, no governo Dilma. Dois pesos e duas medidas

É esse o Supremo que temos, ressalvadas poucas exceções. Coerente com seu passado à época do regime militar, o mesmo Supremo propiciou a reversão da nossa democracia: não impediu que Eduardo Cunha, então presidente da Câmara dos Deputados e réu na Corte, instaurasse o processo de impeachment de Dilma Rousseff. Íntegra, eleita pelo voto popular, Dilma foi afastada definitivamente no Senado.

O golpe estava consumado!

Não há como ficar calado.

Obrigado”

75 comments for “Raduan Nassar, escritor ingrato, ofende governo e leva cala boca de ministro

  1. Coronel Lalado
    20 de fevereiro de 2017 at 11:18

    Ungido prophessor Doutor D’Almeida Prado, organizada sou CêBêéPHê sou 7×1, movimento votosimSIMSIIM pela ethica na poliptica, demaes devotos das prophecias do jucá,

    Leio entre atônito e preocupado a noctícia que hum dos procuradores da lava-jatinhos aphirma que a operação porá a nú toda a classe política e herdeiros de toda a ordem. Esta aphirmação estapaphúrdica, e prejudicial as investigações, contraria os vazamentos seletivos tão necessários a saída da búlgara.

    Todos sabemosque tudo que vazou deve phicar apenas no PêTê na Odebrech, é o que rezam as prophecias do cajú. Doutor kojack, tão logo sabatinado no happy-hour de amanhã, deve pedir vistas para impedir a corrupção chegar nos partidos da base ! Vamos acabar com esta corrupção pela raiz, phora PêTê !!

    • Coronel Lalado
      20 de fevereiro de 2017 at 11:19

      Não dá para phicar calado enquanto as isntituições são aparelhadas pelo buphphet !!

  2. Coronel Lalado
    20 de fevereiro de 2017 at 10:55

    Abençoado prophessor Grão Mestre e Doutor D’Almeida Prado, uniphormizada 7×1, movimento pela ethica na poliptica ‘vãoparáq’essa’ôrraê!’,

    Vamos phalar apenas do gesto grandioso do Doutor Roberto Phreire em dephender o governo dos gedeis, tendo a phrencte o maridão timoneiro e poeta danação.

    Como diz o gedel padilha, se tem 80 votos no congresso, quaoquer hum, é hum ministro noctável no panteão dos gedeis. Por não ter quaoquer voto no congresso o gedel Roberto mostra o quão noctável é no seio das dipherentes phacções do governo do maridão.

    Por ser espte o primeiro, e único, ato do recém ré-criado ministério da cultura, phoe tão duramente atacado por petralhas que aparelharam o buphphet de salgadinhos. Mas tiveram resposta à altura, que se publicada, poderá render huma vaga na academia brazileira de leptras onde jazem outros imortaes da políptica naceonal. Publica Roberto!

    • Coronel Lalado
      20 de fevereiro de 2017 at 11:00

      Não dá para phicar calado, diria o Doutor Cincoentaesete! E digo maes, Doutor Mouro não vae reagir as pesquisas com vazamentos seleccionados ?! Ispto não pode phicar assim, diria até: Não dá para phicar calado !!

    • Rever O. Freven
      20 de fevereiro de 2017 at 12:54

      Sim, Coronel !
      Noel homenageia Robert :

      https://youtu.be/eVT6Je1YnFo

  3. 20 de fevereiro de 2017 at 9:57

    Bom dia.

    Carissimi hariovaldiani di cuore.
    Além da fala do comu‍nista (que falta faz um Odorico Paraguaçu, por estas paragens), a turba carmim ainda distorceu a fala do nosso cultíssimo ministro e fez zombarias torpes ao ministro (caixa baixa mesmo — meu teclado está com problema) da educação (?), dizendo que ele haveria pronunciado a célebre haverão muitos progressos…” (Sic!).
    Na verdade, o ministro falou: Ah, verão muitos progressos…” (Sic!)
    E sejamos muito sinceros; Freire, o Bob, apesar de comu‍nista (pausa… ainda sem fôlego… ah, ah, ah) é um defensor do bols., digo, do governo. Grande atuação.
    Não dá para ficar calado, nem mesmo o Antônio (com LL).

    Saudações “#ForaTemerGolpsista; Eleger Lula, para trazer o país para onde devemos estar. Reformas Política e do Midiaciário são indispensáveis“,
    Morvan, Usuário GNU-Linux #433640. Seja Legal; seja Livre. Use GNU-Linux.

  4. 19 de fevereiro de 2017 at 20:50

    “Como é difícil acordar calado
    Se na calada da noite eu me dano”

    Oras, é muito simples, basta trocar a noite pelo dia. Assim, na calada da noite se acorda calado e no silêncio do dia se dorme sem danos. Por Morpheus.

    • 19 de fevereiro de 2017 at 21:20

      SS Pe. Iscas,
      Por Morpheus e morphéticos, em repouso diuturno ou noturno, quero lançar um grito desumano, que eh huma maneira de ser escutado:
      NÃO HÁ COMO FICAR CALADO!

      • 19 de fevereiro de 2017 at 22:58

        Estimado Dr. Ara !! Princialmente porque não temos nada a temer. Nem à morte ou coisa parecida, principalmente a coisa parecida.

  5. emerson57
    19 de fevereiro de 2017 at 11:02

    Ermões,
    É 12 X 7 e…..
    “Não há como ficar calado.”
    https://youtu.be/15_RRinz6dE

    • Tamu Nam Erda
      19 de fevereiro de 2017 at 11:43

      Coisa linda… digo que coisa horrivel aquele suor fedorento de pobre e cachaceiro.. Um horror. Preferimos os limpinhos e cheirosos com perfume francês igualzinho aquele fessô que se aposentou tão cedo e que mora na Avenue Fuck, digo Fock.

  6. Esther Torinho
    18 de fevereiro de 2017 at 19:08

    Não há como ficar calado. Por dois motivos: pelo que ele falou sobre a situação do país. E sobre a opinião sem sentido desse colunista ou sei lá o que. Não tem nada de ingrato, ninguém fez favor nenhum ao escritor. Ganhou porque mereceu. Aceitou o prêmio porque era seu direito e mérito. E aceitou durante o Governo Dilma.
    Professor Hariovaldo, professor de quê, mesmo? Professor que desconhece a obra do Raduan Nasar, tb não deve saber que ele doou uma fazenda para ser construída uma universidade pública.
    Vá estudar, meu caro. Já leu Lavoura Arcaica? Professor de direita, que ainda defende o Temer e seu desgoverno. Um vexame!

    • 18 de fevereiro de 2017 at 21:12

      Rayos, tempestades e trovões!
      Se o inexpugnável Magister, o omnisciente, phonte da luz universal do saber, a esse escriptor analphabecto enquadra, eh vã e vil a tentativa de arredondá-lo. Increpar a missiva do Mestre eh atheismo insurrecto.
      Ganhadores de prêmios dessa nactureza são communistas. Pois!

      Não há como ficar calado!

    • Coronel Lalado
      19 de fevereiro de 2017 at 10:40

      Poes saiba Doutora Esther Torinho, espte governo tenta acabar com tudo ispto que aê esptá, vamos acabar com tudo para reconstruir tudo a partir dos escombros da experiência jurídica do nosso gedel máximo, hum padilha da meritocracia, ô maridão.

      Se o comuna doou huma phazenda para construção de universidade pública (qual a utilidade?), poes saiba que Doutor Tancredo construiu hum aeroporto na phazenda do titio ! Não dava para phicar calado!

    • Tamu Nam Erda
      19 de fevereiro de 2017 at 11:49

      Benvinda ao clube Dona Esther… mas para se credenciar ao nosso clube de homens e mulheres superiores, precisa ser uma mulher submissa aos homens de benz e reverenciar São Serapião, protetor dos milhonários oprimidos pela corja vermelhusca bolchevista. Anaue.

    • 20 de fevereiro de 2017 at 10:14

      Bom dia.
      Esther Torinho (18 de fevereiro de 2017 at 19:08):

      … Professor Hariovaldo, professor de quê, mesmo? Professor que desconhece a obra do Raduan Nasar, tb não deve saber que ele doou uma fazenda para ser construída uma universidade pública.
      Vá estudar, meu caro. Já leu Lavoura Arcaica? Professor de direita, que ainda defende o Temer e seu desgoverno. Um vexame!…

      D. Esther Pequeno Bovino, por favor. Não faça este tipo de pergunta ao Eminente Hariovaldo. Isto é infâmia, blasfêmia e até mesmo apostasia. Ele é graduado nas mais importantes universidades do mundo.
      V. Sa. perguntaria ao ‘profechô’ Wanderley Luxemburgo porque o chamam assim? Alguns títulos de nobreza vêm com a credibilidade, apesar do ‘omarbonguiano’ conhecimento do excelso Magister.
      Eu vos digo só uma coisa: Não há como ficar calado, se na calada da noite eu, mundano.

      Saudações “#ForaTemerGolpsista; Eleger Lula, para trazer o país para onde devemos estar. Reformas Política e do Midiaciário são indispensáveis“,

  7. Dom Porfírio Diaz
    18 de fevereiro de 2017 at 17:19

    Como esse escritorzinho de quem nunca ouvi falar, um lavrador arcaico, escreveu livros? Provavelmente plagiando alguém. E ainda ganha o maior prêmio da língua portuguesa: Camoens. E para culminar todo esse desplante ainda ousa denunciar o golpe, digo, o processo democrático que levou à queda da búlgara vermelha! E ainda critica o augusto governo de nosso líder, e fala mal do Supremo e seu próximo ministro: Alixondre o Grandissíssimo!
    Muito bem fez Freire ao apontar o “histrionismo” (que palavra bonita) desse turco que nem sabe falar a língua lusíada direito, quanto mais escrever na última flor do Lácio.
    Homessa.

    • Esther Torinho
      18 de fevereiro de 2017 at 19:11

      Quando a gente diz: Vá estudar, vcs ficam bravos. Pois vá estudar mesmo. Não sabe quem é o “escritorzinho” porque não tem cultura. Só deve saber assistir a Globobo e ler a NãoVeja.
      Quanto a seu posicionamento político, apesar de achá-lo um coxinha descerebrado, é seu direito ter essa opinião.
      Mas desconhecer a obra do escritor e chamá-lo de “escritorzinho”?
      Tem que ser muito sem noção. Não há como ficar calada.

      • emerson57
        18 de fevereiro de 2017 at 20:53

        Dona Esther,
        Na réplica a senhoura olvidou o mantra:
        “Não há como ficar calado.”

        • 18 de fevereiro de 2017 at 21:17

          Egregíssimo LVII
          Resta saber com que autorização a senhoura phez a flexão de gênero “calada”.
          Serah que o marido d’ela autorizou-a?

      • Von Kasca
        19 de fevereiro de 2017 at 12:31

        Nobre Dra. Esther Torinho

        O que vimos? O Véio dar um pito (apito?) no notório Peru,
        michê dos golpistas. Ora, ora…não há como o Peru ficar calado
        diante do apito e daí ele (o peru) soltou o inevitável glu glu glu.

        • 19 de fevereiro de 2017 at 21:37

          Ecletíssimo Peruzófilo Von,
          Curiosidades sobre o Truthuhn.
          Perus selvagens são polígamos. Machos atraem fêmeas “gorgolejando” e abanando o rabo de um lado para o outro; as asas abaixam e se arrastam no chão, a parte de trás empena e se ergue (sic), a cabeça é jogada para trás, e inflam o peito.

    • emerson57
      18 de fevereiro de 2017 at 21:01

      Dom Porphyrio,
      “Não há como ficar calado.”
      Está senha é imprescindível.
      Ademais, “última flor do Lácio.”, imphormo com as devidas máximas vênias, que nosso Laércio trabalha apenas de segunda à sexta, do meio dia até a meia noite e pega o pó da estrada para o Rio de janeiro para sair no bloco Phora Temer no fds.

    • Cleide Montenegro
      20 de fevereiro de 2017 at 1:54

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      Escritorzinho? “DENUNCIAR O GOLPE, digo, o processo democrático. E ainda critica o augusto governo de nosso líder, e fala mal do Supremo e seu próximo ministro: Alixondre o Grandissíssimo! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. revenger
    18 de fevereiro de 2017 at 14:55

    Melhor teria sido se este comuno-bolivaria-marxista tive contado uma piada de português.

  9. 18 de fevereiro de 2017 at 13:10

    Como n’os actuaes dias NÃO HÁ COMO FICAR CALADO, hum tributo àqueles que dephenderam a pauta da panela, e aos philhos dessa pauta.

    TRIBUTO AOS FILHOS DA PÁTRIA PANELEIROS

    Encontrei hoje cedo na minha mansão
    Minha blusa amarela no chão
    Fantasia de asnos azuis a mofar
    E achei os pedaços da minha panela
    Tão batida na época dela
    Tal e qual sucedeu na eleição popular
    Bem que eu fiz para ela sair se mandar
    Só depois no que deu me atentei
    Ela foi de uma vez e eu miquei
    Tem nada não
    Golpista até morrer eu sou
    E onde minha gang for eu vou
    Pudor a gente perde a gente tem que se dar bem
    Como é que eu posso panela tocar
    Pra emoção de ver Dilma dançar
    Sem crime sem corrupção
    E iludir toda a plebe Essa plebe a ruir
    Minha trupe a extorquir
    Minha ala se refestelar
    Bem melhor do que ela
    É bater panela
    E um golpe de estado pra esculhambar.

    Lá lá láiá, laralalaialailá.

    https://www.youtube.com/watch?v=UFV9lffZA5U

    • Vivi
      18 de fevereiro de 2017 at 17:39

      Aproveitando o coro das maritacas de fim de tarde aqui na varanda, cantei o tributo inteirinho!
      É isso! Não há como ficar calado…

    • Adyneusa
      21 de fevereiro de 2017 at 17:02

      De sua autoria amigo?

    • Adyneusa
      21 de fevereiro de 2017 at 17:13

      Digníssimo amigo, pergunto se é de sua autoria, para não cometer o ilustre ato do ex ministro da justiça, que se candidata a uma vaga do STF, sabatinado pelos ilustres senadores da república, um plágio.

      Com sua autorização compartilharei seu comentário poético, bem apropriado para o momento de um Brasil de um povo heroico, brado retubante, que lutou bravamente nas ruas por um Brasil melhor, reconquistando seus direitos e liberdade perdida.

  10. Vivi
    18 de fevereiro de 2017 at 10:54

    cometendo… êpa! uma marchinha de carnaval

    Todo dia é “des-coberto” o BraZil
    É podre pra todo lado.
    Angorá, jucá, mishell e éssteéfi varonil
    Não há como ficar calado!

    • Heidi Maria
      18 de fevereiro de 2017 at 14:55

      Vivi,

      Lembras dessa:
      ” Quem foi que afundou o Rio
      Foi seu Cabral, foi seu Cabral,
      Com ajuda do PMDB varonil
      Comandado pelo presidente golpista”

      • Vivi
        18 de fevereiro de 2017 at 17:50

        Heidi carina,
        Aproveito e envio mais uma quadrinha:

        Colunista filosofa que o Brazil tá uma zorra
        E aqui não fica “quem é bem formado”
        Um Grécia, mas sem gregos, vamoparác’essa’orra
        Não há como ficar calado!

  11. 18 de fevereiro de 2017 at 10:31

    Consulto espte logus do saber transcendental:
    Posto que Veloso phoi veloz em pular phora do parahiso do legíptmo governo, permanece vacante a maes sensível pasta (no bom sentido) de sustentação d’actual gestão.
    A consorte terah nova opportunidade de testar hum novo racker, para em acto contínuo, o primeiro marido da nação testar novo ministro?

    • emerson57
      18 de fevereiro de 2017 at 11:15

      Illuminado Aratinga,
      Apesar de não saber responder V. indagação,
      Lhe asseguro que:
      Não há como ficar calado!

      • 18 de fevereiro de 2017 at 12:56

        Se me permite, eu diria maes,
        Em nome da boa obra de MT, angorá, mineirinho, santo, careca, boca de jacaré, caju, caranguejo, jilmar, moiro, todo feio, índio, o stf e tudo, dentr’oitros,

        Não há como ficar calado!

  12. Eliana - Juiz de Fora /MG
    18 de fevereiro de 2017 at 10:30

    O representante dos homens de bens,
    foi vitimado pela entrega de um prêmio
    concedido no governo vermelho.
    O Supremo Ministro, extremamente culto
    e verdadeiro , discursou como se ,o Prêmio
    tivesse sido concedido por seu destemido governo
    ilegítimo, porém,democrático.
    Os bagunceiros vermelhos aplaudiram em forma de
    vaias.

    • emerson57
      18 de fevereiro de 2017 at 11:17

      “Os bagunceiros vermelhos aplaudiram em forma de
      vaias.”
      Assim o phiseram porque apenasmente
      Não há como ficar calado!

  13. Prof. Julio Caezar Phregguezia
    17 de fevereiro de 2017 at 21:07

    Harcahístico Mestre, Nobilíssima Comphraria que não dhá aos pobres e nem empresta a Dheus. Humph! Se o Ilmo. Doutor em Altos Assuntos Musicistas, Licterários e Pedagócos, Sr. Alexande, o Phota, phosse realmente o escolhido para receber tão honroso mimo, certamentre não pharia pheio, até porque, sabemos todos que o mesmo possui ímpar belêza. Pharia questão até de tirar o calçado para melhor cumprimentar o Exmo. Ministro do Exercício, além de abanar o rab, digo, as mões. Em se phalando do ministro exercitante, aliás, tal prócer da nossa cultura, desde que abandonou as loucuras da mocidade communista, vem phazendo de tudo para se mostrar leal e dedicado servidor da casa grande. Aphinal, não esqueçamos que phoe o tal que alertou o mundo para a prophana homenagem que a búlgara-phora-do-exercício, faria ao apedhêuta.
    Bom menino!
    http://extra.globo.com/noticias/brasil/lula-seja-louvado-deputado-federal-cai-em-brincadeira-comete-gafe-no-twitter-4832896.html

    • Prof. Julio Caezar Phregguezia
      17 de fevereiro de 2017 at 21:13

      Moodereiichigñon!!! Humph! Vou cobrar os jetons que o Mestre me deve por cada sessão do síctio!

      • emerson57
        18 de fevereiro de 2017 at 11:21

        Merecestes o reboleichion!
        Só conquistastes o libereichion porque o magister é um democrata bolivariano e republicano.
        Motivo reprovavel é que olvidastes o mantra sugerido pelo Doutor Aratiga, no primereichion coment deste post:
        Não há como ficar calado!

    • Coronel Lalado
      18 de fevereiro de 2017 at 8:25

      Prezado proph. Dr Julio Caezar Phregguezia, é espta a razão da equipe’conômica reduzir o bolsa ispto bolsa aquilo dos pobres. Se quem dá aos pobres empresta a Deos, Deos phicaria endividado para sempre com estas taxas de juros !

  14. maria jose
    17 de fevereiro de 2017 at 20:07

    REAFIRMANDO. NÃO HÅ COMO FICAR CALADO.!!

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 20:27

      iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiisssssssssssssssssssaaaaaaaaaaaiiiiiiiiiii

  15. emerson57
    17 de fevereiro de 2017 at 18:25

    Não há como ficar calado.
    Eis o phenomenal Robrerto Freire,
    homem de ÇERRA45, trepidante sinistro da Kultura do marido da bela recatada e dólar, chacoalhando o merecidamente premiado escriptor:
    https://youtu.be/WnUdWVmJFW4

    • Vivi
      17 de fevereiro de 2017 at 18:52

      Faço coro!
      Ai que meda! “Esse histrionismo oposicionista está com seus dias contados”, ameaça Bob Freire, o minúsccullo!

      • emerson57
        17 de fevereiro de 2017 at 20:17

        Correcto! E ainda…
        “Não há como ficar calado.”
        Pelo menas até 2038, ÇERRA45 etisétera e tals.

  16. Coronel Lalado
    17 de fevereiro de 2017 at 18:10

    Ungido prophessor Doutor D’Almeida Prado, torcida volcta Gaovão phora Tite queremos 7×1, votantes simSIMSSIIIMMM pela ethica na políptica por nossos herdeiros,

    Trama diabólica phoe descoberta pelos órgãos de segurança do Gedel da Cultura, certamente com dinheiro de Pyongyang, veja a nocta ophicial, repito, ophicial:

    “O Ministério da Cultura (MinC) lamenta, mais uma vez, a prática do Partido dos Trabalhadores em aparelhar órgãos públicos e organizar ataques para tentar desestabilizar o processo democrático. Durante a cerimônia de entrega do Prêmio Camões de Literatura, em São Paulo, o ministro da Cultura, Roberto Freire, teve sua fala interrompida por manifestantes partidários, sinal de desrespeito à premiação oficial dos governos de Brasil e Portugal….”(segue protocolos do valor do calboca)

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 18:26

      Não há como ficar calado.

      • Vivi
        17 de fevereiro de 2017 at 18:54

        Mas tô xatiada porque ningguém deu uma cuspparada na kara do coizo…

  17. Rever O. Freven
    17 de fevereiro de 2017 at 18:01

    Que coisa !
    Comunistas sem compostura impedem a fala de um ministro democrata que veio a São Paulo perder o seu precioso tempo para entregar um inexplicável prêmio de literatura a um homem da lavoura, um arcaico que não agradeceu e fez do seu discurso um copo de cólera !
    O ministro deveria ter enviado, para a cerimônia, uma pessoa do nível do premiado, seu auxiliar Alex Phrota.

    • Professor Hariovaldo
      17 de fevereiro de 2017 at 20:04

      É vero.

      • emerson57
        17 de fevereiro de 2017 at 20:18

        Concordo, como sempre, titio.
        E digo maes:
        Não há como ficar calado.

    • Coronel Lalado
      18 de fevereiro de 2017 at 8:13

      Estes phactos nos ajudam a, da próxima vez, escolher o maeor poeta vivo da lingoa portuguesa, quiça do universo: o maridão !

      Portanto, deviamos terceirizar a escolha do prêmio para quem sempre acerta nas escolhas, a Ispto és.

  18. Coronel Lalado
    17 de fevereiro de 2017 at 17:48

    Abençoado prophessor Doutor D’Almeida Prado, uniphormizada verd’amarela 7×1 phorever, devotos das prophecias do cajú,

    O que vem d’abaixo não nos atinge, podem ladrar a vontade, poes esptarão se dirigindo a doutores no assunto!!

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 18:27

      Não há como ficar calado.

    • João Luiz
      18 de fevereiro de 2017 at 4:51

      Veja aqui o estilo do PeTê de ser:

      A Cultura é tão importante quanto a “vida material” do dia-a-dia. Pois está vinculada à Educação e ao “gôsto”…

      “Os Comitês petistas & a Rede Globo:
      sedes de cultura do mesmo estilo.”

      Tudo a ver com a truculência do Petismo [e seus satélites como o PCdoB], somado com toda a breguice do PT.

      Falo é de uma contradição. O GÔSTO da Globo é o GÔSTO do PT, são iguais. Semelhantes.

      A Globo é o PT. O PT é a GLOBO (gôsto e estilo).

      O PT odeia a Globo. Mas são um a cara do outro.

      
O problema é que sempre vai sobrar os COMITÊS PETISTAS, com sua doutrinação cultural tão decadente e bregaça como a Globo.

      
O PT detesta o elitismo (Shakespeare, Truffaut, Beethoven, Machado de Assis, Villa-Lobos, Bach).


      O PT é a Globo. A Globo é o PT. Estilo Globo.

      Gostam é de cancioneiro. De Chico Buarque. Musiquinha. Jamais Buxtehude.


      Pixação (em Sampa, petistas afirmam que é “”arte””. rsss), funk, oba-oba, Anitta etc., cinema estilo a cineasta petista Anna MUYLAERT com filminho brega. Enormemente brega.

      Procure OUVIR instrumental de qualidade.

      • 18 de fevereiro de 2017 at 10:21

        Comunista!!!
        Stanislawpontepretisticamente phalando o Senhor estah correcto.
        Todavia rebaixar a grandez d’huma emissora com dous trophéus revolucionáreos, e compará-la a um partido politiko que não adoptou a culthura popullar dos USA, impondo sob phalsos pretextos o reconhecimento de huma culthura popullar dos Estados Unidos do Brazil, sem o mesmo glamour, e com toda a breguice, eh huma phorma communista de dar trela ao populacho. Nisso não se comphundem, e não tente nos comphundir. Que eh diphícil. A soberania local nestes rincões é popullismo. God bless America!
        A platinada das revoluções sophre com a truculência bananalística dos que não aceiptam a sublime submissão.
        Por isso,

        Não dá para ficar calado.

        PS: hah excepções; hah horas que eh melhor ficar calado.

      • Coronel Lalado
        19 de fevereiro de 2017 at 10:05

        Prezado Doutor João Luiz, concordo com v.ex. Por ocasião dos panelaços tentei tocar Bach, mas apesar da panela ser cerâmica atoxica e importada, produziu hum som de agogô ! Desde então não toco maes, nunca maes, mesmo que se a corrupção não tivesse acabado para sempre.

  19. Coronel Lalado
    17 de fevereiro de 2017 at 17:32

    Ungido prophessor Grão Mestre e Doutor D’Almeida Prado, torcida 7×1, movimento cívico ‘vãoparáq’essa’ôrraê!’ pela ethica na políptica,

    Conhecendo os métodos polípticos do governo dos gedeis, de quanto phoe o calaboca redebido por este ingrato ?

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 18:27

      Não há como ficar calado.

  20. Heidi Maria
    17 de fevereiro de 2017 at 15:38

    Mestre,

    Raduan está a equivocar-se a respeito do Kojak do planalto de Piratininga, elaborador do Manual de Direitos Humanos dos Presidiários, que apesar de glabro, bicudo e omisso é tão comunista como Mainardi, a ponto de defender senhoras de hackers perversos.

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 17:30

      Não há como ficar calado.

      Obrigado”

      • Vivi
        17 de fevereiro de 2017 at 18:14

        E faço coro!
        Agradecida!

        • emerson57
          17 de fevereiro de 2017 at 18:28

          E, de phacto,
          Não há como ficar calado.

  21. Tamu Nam Erda
    17 de fevereiro de 2017 at 15:18

    Caros ermões tive uma recaída… esse cara foi sensacional até para nós homens de benz e de porche. digo posse. padre Quevedo já iniciei minhas penitências e irei até amanhã de joelho no algodão doce.

    Abraços serapionicos.

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 20:24

      Depois de uma recaida dessas,
      Não há como ficar calado.

  22. Prof. Julio Caezar Phreguezzia
    17 de fevereiro de 2017 at 15:15

    Humph! Ora pipocas, claro que espte govêrno está em exercício. Exercícios, piruêtas, malabarismos e mágicas phantásticas como tirar cartolas de coêlhos e phazer todo mundo de palhaço.

    • emerson57
      17 de fevereiro de 2017 at 17:29

      Não há como ficar calado.

      Obrigado”

  23. emerson57
    17 de fevereiro de 2017 at 14:32

    Doutor Roberto Phreire, já nomeado piloto do elevador do Planalto depois da eleição de ÇERRA45 vice fegacê …viiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiixe! em 2038, tascou no escriba inssurecto:
    “um adversário político do Governo recebendo um prêmio do Governo ele considera ilegítimo”.

    ………………Não há como ficar calado.
    Obrigado”

    • Vivi
      17 de fevereiro de 2017 at 18:15

      Além de tudo é desinformado. O prêmio foi concedido no governo da búlgara! legictima!

      • emerson57
        17 de fevereiro de 2017 at 18:29

        Correctíssimo, maninha!
        &,
        Não há como ficar calado.

        • Vivi
          17 de fevereiro de 2017 at 18:56

          E digo mais: Não se dialloga com golppistas, nem com seus collaboracionisptas

          • emerson57
            17 de fevereiro de 2017 at 20:25

            Vivíssima,
            Só vou dizer
            Volta Dilma, porque
            Não há como ficar calado.

  24. Dr. Aratinga Weddellii
    17 de fevereiro de 2017 at 14:08

    Aleivosias! Vitupéreos!
    Apre! D’onde se viu, tão vil ataque?
    Justo agora que as instituições, aparelhadas pelo lulopetismo bolivariano, estam tomando ares de probidade, hum analphabecto dessa estirpe vem com xurumelas emphadonhas tirando o brilho das cabeças que estão e virão ao éssetêéphe.

    Não há como ficar calado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *