Reforma Trabalhista trará sistema mais vantajoso que o vigente antes de 1888

A onda modernizante instituída pelos Obreiros do G.A.U. que assumiram a direção oficial da nação não para. Conforme revelou a revista comunista Carta Capital, através da entrevista com o desconhecido sociólogo Ricardo Antunes, também desconhecido na área da sociologia do trabalho, não simplesmente voltaremos ao passado, mas o faremos com menores custos para os patrões e senhores de engenho, para nossa alegria. Trata-se de uma reforma maravilhosa, principalmente para os donos das minas e das fornalhas, onde os custos com a moradia e alimentação dos trabalhadores compulsórios de outrora praticamente não existirão, pois ao invés da posse da mão de obra, pagaremos somente pelo aluguel dela, e de forma mínima, custos estes que na ponta do lápis se mostrarão muito menores do que se tivéssemos que dar moradia e alimentação farta para que tivessem força para o trabalho, pois com a terceirização, se o sujeito não tiver apto para o serviço será imediatamente alijado e substituído, ao invés do dono ter que investir na sua recuperação, se fosse propriedade. Se a Princesa Isabel tivesse assinado a Lei da Terceirização no lugar da Lei da Abolição, acataríamos de imediato e ela, apesar de mulher, seria considerada nossa heroína até hoje.

Em boa hora os homens bons da Pátria resolveram retornar a nação aos eixos, por isso nosso apoio aos Ministros do Supremo, à Lava-Jato, à Emissora da Revolução e ao Michel deve ser sólido, firme e incansável, pois o Brasil já começa a ser respeitado em todo o mundo.

Alvíssaras!

 

 

 

Comentar no Facebook

Comentários

7 Comentários para “Reforma Trabalhista trará sistema mais vantajoso que o vigente antes de 1888

  1. Linda Marxs
    16 de junho de 2017 em 1:24

    O artigo é um pesadelo absurdo de falta total de empatia, respeito e informação. Os comentários então, terror. Pobre Esquerda, perdida nas mãos desses bem intencionados.

  2. El Bartho
    17 de maio de 2017 em 21:18

    A terceirização mostra uma real evolução porém tenho uma dúvida, qual a razão de pagar R$ 320,00 para alimentação, o melhor seria vender marmitas aos terceirizados, poderíamos explorar digo ajudar a ralé que não terá de carregar aquelas marmitas azedas ….

  3. emerson57
    17 de maio de 2017 em 21:14

    Tio Hari,
    Asvisseras!
    Rozana nas alturas!
    Phinalmente pegarum o Lula:
    http://jornalggn.com.br/noticia/michel-temer-e-aecio-neves-na-delacao-da-jbs

    • El Bartho
      17 de maio de 2017 em 21:27

      O molusco foi entregue pelo próprio filho, o dono da friboi, como todos sabem, mas covardemente o canalha mandou conspurcar outros homens de BENZ…

  4. Coronel Lalado
    17 de maio de 2017 em 13:12

    Abençoado prophessor Doutor D’Almeida Prado, torcida presente no inesquecível 7×1, paneleiros e demaes ethicos que sophrem da diarreia moral do patamarelo,

    Já não era sem tempo, na época hum negro saia por cerca de 27 mil reais, era muito capital empatado, mas não precisava de alimentação posto que o interessado provia, em geral tinha hum roçado onde trabalhava a noite. Mas aí vieram os capitalistas ingleses querendo vender tecido e a Prince’sabel cedeu, tivemos huma perda patrimonial imensa. Os argumentos eram tipicamente comunistas, salário phorma o mercado de consumo… para phabricas inglesas, óbvio !

    Ora bolas, consumo tem que ser de quem tem méritos !! Se é hum braçal não tem méritos e deveria trabalhar, no máximo, por comida e casa, desphructando de nossas senzalas, que é huma indescritível regalia.

    Com esta mesma conversinha de mercado de consumo instalou-se o salário mínimo, o décimo terceiro, phérias (quem não tem méritos tem direicto a phérias?) e, pasmem, aposentadoria !!!!!!!!!!!!

    E ispto encarecendo o producto naceonal, pheicto na phiespê, maeor phabricante de pactos do mundo. Agora, podemos exporta-lo para todos os países do planeta que reconhecem o nosso governo !! Gela !! Gela maridão gela !!

  5. Andrey Vichinsky
    17 de maio de 2017 em 12:32

    A ralé, digo, o povo sentirá em profundidade a pujança das mudanças. O sistema 3MG (Michel, Maia, MBL, Gandra) de direitos sociais atingirá os mais recônditos rincões da gentalha, digo, do povo.

    Nesta nova sociedade de Silvérios dos Reis, Calabares, Sérgios (Fleurys e outros) manda quem pode e todos obedecem.

    Para consolidar a nova era devemos eleger Doria presidente e o senador Sepulcro Caiado como vice.

  6. Heidi Maria
    17 de maio de 2017 em 12:24

    Mestre Reformista,

    Voltaremos à época de Maquiavel. Trabalho duro, dinheiro curto, direitos no lixo. e como presidente o Joao Bonitinho o ídolo dos coxinhas. Haverá uma micareta fascista, de arromba, para comemoração na Paulista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *